Press release 31Maio2017

Jornadas SUPERA 2017
O desafio é superar todas as barreiras

Rodeadas de grande expectativa, irão decorrer nos próximos dias 1, 2 e 3 de junho no Cace Cultural do Porto as Jornadas SUPERA/2017. Serão três dias sobre Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento para fazer a diferença na vida das pessoas com necessidades especiais.

No dia 1 de junho, tem início a conferência científica, destinada à partilha de trabalhos e projetos de Investigação, Desenvolvimento e Inovação, e a Expo-SUPERA, uma mostra de tecnologias de apoio e acessibilidade, com a participação de várias instituições do ensino superior, empresas do setor, municípios, associações e organizações ligadas à área da deficiência e/ou de apoio a pessoas idosas. A Expo-SUPERA inclui ainda uma Arena onde decorrerão várias atividades de desporto adaptado, desfile de moda adaptada e atividades de demonstração.

No dia 2 de junho, e com a duração de dois dias, começarão mais duas atividades distintas: Workshops temáticos sobre Acessibilidade (Educação, Comunicação, Turismo, Mobilidade), Ambientes inteligentes e Tecnologias de Apoio à Qualidade de Vida, e uma iniciativa inédita em Portugal – a maratona de desenvolvimento de tecnologias de apoio e acessibilidade Tikkun Olam Makers (TOM Porto).

No TOM Porto, equipas multidisciplinares são desafiadas por pessoas com deficiência a desenvolver soluções tecnológicas e de acessibilidade durante o período das jornadas. Neste âmbito, foram apresentados dez desafios, a que corresponderão dez projetos e igual número de equipas fortemente empenhadas em ultrapassar todas as barreiras.

A concurso estarão projetos de canadianas encartáveis, cadeira de rodas com verticalização flexível para Golf, grelha universal para teclado de computador, dispositivo de manipulação de saco de urina, orientação no ginásio para pessoas com deficiência visual, andarilho especial, unidade de controlo universal para cadeira de rodas, exosqueleto, melhorar o ângulo de visão em cadeira de rodas e ortótese funcional anti-equino.  Estando integrada na comunidade internacional TOM, os trabalhos poderão ser partilhados à escala global e produzir um impacto de escala considerável.

O evento, que reúne apoio institucional do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, patrocínios da CM do Porto, Fundação para Ciência e Tecnologia, Fundação PT e Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, para além da cooperação de mais de 30 organizações, incluindo o IEFP, Embaixada de Israel e a RTP, conta com a presença das Secretárias de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Prof.ª Doutora Fernanda Rollo) e da Inclusão das Pessoas com Deficiência (Dra. Ana Sofia Antunes), que irão estar nas Jornadas, nos dias 1 e 3 de junho, respetivamente.

Estarão igualmente representados nas cerimónias de abertura e de entrega dos prémios do TOM Porto, a Câmara Municipal do Porto (principal patrocinador das Jornadas) e o IEFP, que cedeu um espaço com 1.500 m2 para a realização das Jornadas SUPERA.

A SUPERA – Sociedade Portuguesa de Engenharia de Reabilitação, Tecnologias de Apoio e Acessibilidade é uma associação científica e técnica, de natureza multidisciplinar, sem fins lucrativos, que visa promover o desenvolvimento de atividades de C&T orientadas para a melhoria da qualidade de vida de populações com necessidades especiais. Foi criada há 10 anos e tem atualmente cerca de 130 sócios, incluindo aproximadamente 20 sócios institucionais. A sua sede nacional está localizada na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e criou recentemente a Delegação Regional do Norte, com sede no Instituto Politécnico do Porto.

Mais informações em:
http://supera.org.pt/jornadas2017/ e http://www.porto.tomglobal.org