10 Desafios do TOM Porto + 1

Concluído o período de propostas de desafios para o TOM: Porto, foram selecionados dez desafios para a maratona de desenvolvimento tecnológico e um para debate em Workshop com o expositores da Expo-SUPERA

DESAFIOS DO TOM PORTO

1 | CANADIANAS ENCARTÁVEIS
AUTOR: CARLOS DUARTE
Como podem as canadianas ser melhoradas? Seja para ajudar as pessoas a levantar-se de um sofá, para ficarem ao alcance, em pé à espera de serem precisas, ou então, “desaparecerem” quando não já não precisarmos delas? O Carlos já pensou bastante sobre as canadianas… e tem algumas sugestões

2 | CR COM VERTICALIZAÇÃO FLEXÍVEL PARA GOLF
AUTOR: JOSÉ PEDRO SOTTOMAYOR
A prática do golfe em cadeira de rodas (CR) exige grande flexibilidade de movimentos ao mesmo tempo que também carece de estabilidade e precisão… O Zé Pedro usa uma cadeira de rodas de Golf mas procura soluções para progredir nas suas metas desportivas!

3 | GRELHA UNIVERSAL PARA TECLADO DE COMPUTADOR
AUTOR: MANUEL COSTA
O layout do teclado Windows é diferente do Mac… e o Manuel usa este periférico com uma grelha, por possuir paralisia cerebral. Sonha imprimir uma grelha universal para qualquer teclado para assim ser mais eficiente no seu trabalho enquanto designer!

4 | DISPOSITIVO PARA SACO DE URINA
AUTOR: MÁRCIO MARTINS
Manusear a torneira de drenagem do saco de urina: um desafio muito interessante com grande impacto para a autonomia de pessoas tetraplégicas, proposto pelo Márcio.

5 | ORIENTAÇÃO NO GINÁSIO
AUTOR: TIAGO MARQUES
O Tiago ambiciona criar um ginásio acessível para todos. Um desafio cheio de questões interessantes: como orientar pessoas cegas na sequência dos equipamentos? Como proporcionar instruções de uso, de modo adequado ao perfil de cada utilizador – seja com deficiência visual, motora ou outra?

6 | ANDARILHO ESPECIAL
AUTOR: TÂNIA CARDOSO [para o Eduardo]
O facto de o Eduardo não conseguir verticalizar sozinho tem consequências para a sua saúde. O seu pai criou um andarilho com rodas e apoio de braços, que ainda não resolve a totalidade do problema: este desafio é a proposta da Tânia.

7 | UNIDADE DE CONTROLO PARA CADEIRA DE RODAS
AUTOR: JORGE GUEDES [em representação da Isabel]
Um só comando para a cadeira de rodas, para o smartphone e computador… Como se pode ir ao encontro desta ambição do Jorge, com grande potencial para ajudar muitas pessoas com grandes limitações motoras, como a Isabel?

8 | EXOESQUELETO
AUTOR: CARLOS ALBERTO GONÇALVES
Para complementar a perda de força muscular remanescente nas pernas, o Carlos Gonçalves já trabalhou bastante no desenvolvimento de um exoesqueleto. Este desafio irá permitir integrar as suas descobertas numa solução mais acessível e funcional, que certamente irá ajudar outras pessoas com estas características!

9 | MELHORAR O ÂNGULO DE VISÃO EM CR
AUTOR: MANUELA OLIVEIRA
A Manuela transportou-nos para um cenário comum: sentada em cadeira de rodas no meio da multidão de pé – como pode uma pessoa assistir, participar e divertir-se com o que se está a passar, sem poder ver o que se está a passar? Procuram-se produtos ou acessórios simples, que podem ser muito inclusivos!

10 | ORTÓTESE FUNCIONAL ANTI-EQUINO
AUTOR: FILIPE GONÇALVES
O Filipe propõe o desenvolvimento de ortóteses para os pés ajudando a compensar a perda de força e controlo, para doentes com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA). Será possível evoluir em soluções eficazes e também que sejam mais fáceis de manipular autonomamente?

DESAFIO OS EXPOSITORES DO EXPO-SUPERA

ACESSO AO COMBOIO VOUGUINHA
AUTOR: PAULO BACALHAU

O Paulo vive em São João da Madeira e desloca-se em cadeira de rodas elétrica. Na proximidade há um comboio que passa em Santa Maria da Feira e termina em Espinho, chamado Vouguinha. Em Espinho há estação e comboio com acessibilidade, mas o problema é a ligação do Vouguinha. O acesso a este comboio é por escadas com uma altura total de 80 cm. O Paulo tem algumas ideias para discutir.