Submissão: Desafios

Logótipo TOM Porto

Entre 27 de março e 8 de maio esteve aberta a chamada de submissão de propostas de desafios para o desenvolvimento de tecnologias de apoio e acessibilidade indisponíveis no mercado, personalizadas ou economicamente mais acessíveis.

Neste período, foram propostos 19 desafios por 13 pessoas com deficiência ou incapacidade, seus familiares, cuidadores ou profissionais com profundo conhecimento das necessidades.

Foram selecionados para o TOM: Porto 10 desafios:

1 | CANADIANAS ENCARTÁVEIS
AUTOR: CARLOS DUARTE
Como podem as canadianas ser melhoradas? Seja para ajudar as pessoas a levantar-se de um sofá, para ficarem ao alcance, em pé à espera de serem precisas, ou então, “desaparecerem” quando não já não precisarmos delas? O Carlos já pensou bastante sobre as canadianas… e tem algumas sugestões

2 | CR COM VERTICALIZAÇÃO FLEXÍVEL PARA GOLF
AUTOR: JOSÉ PEDRO SOTTOMAYOR
A prática do golfe em cadeira de rodas (CR) exige grande flexibilidade de movimentos ao mesmo tempo que também carece de estabilidade e precisão… O Zé Pedro usa uma cadeira de rodas de Golf mas procura soluções para progredir nas suas metas desportivas!

3 | GRELHA UNIVERSAL PARA TECLADO DE COMPUTADOR
AUTOR: MANUEL COSTA
O layout do teclado Windows é diferente do Mac… e o Manuel usa este periférico com uma grelha, por possuir paralisia cerebral. Sonha imprimir uma grelha universal para qualquer teclado para assim ser mais eficiente no seu trabalho enquanto designer!

4 | DISPOSITIVO PARA SACO DE URINA
AUTOR: MÁRCIO MARTINS
Manusear a torneira de drenagem do saco de urina: um desafio muito interessante com grande impacto para a autonomia de pessoas tetraplégicas, proposto pelo Márcio.

5 | ORIENTAÇÃO NO GINÁSIO
AUTOR: TIAGO MARQUES
O Tiago ambiciona criar um ginásio acessível para todos. Um desafio cheio de questões interessantes: como orientar pessoas cegas na sequência dos equipamentos? Como proporcionar instruções de uso, de modo adequado ao perfil de cada utilizador – seja com deficiência visual, moora ou outra?

6 | ANDARILHO ESPECIAL
AUTOR: TÂNIA CARDOSO [para o Eduardo]
O facto de o Eduardo não conseguir verticalizar sozinho tem consequências para a sua saúde. O seu pai criou um andarilho com rodas e apoio de braços, que ainda não resolve a totalidade do problema: este desafio é a proposta da Tânia.

7 | UNIDADE DE CONTROLO PARA CADEIRA DE RODAS
AUTOR: JORGE GUEDES [em representação da Isabel]
Um só comando para a cadeira de rodas, para o smartphone e computador… Como se pode ir ao encontro desta ambição do Jorge, com grande potencial para ajudar muitas pessoas com grandes limitações motoras, como a Isabel?

8 | EXOESQUELETO
AUTOR: CARLOS ALBERTO GONÇALVES
Para complementar a perda de força muscular remanescente nas pernas, o Carlos Gonçalves já trabalhou bastante no desenvolvimento de um exoesqueleto. Este desafio irá permitir integrar as suas descobertas numa solução mais acessível e funcional, que certamente irá ajudar outras pessoas com estas características!

9 | MELHORAR O ÂNGULO DE VISÃO EM CR
AUTOR: MANUELA OLIVEIRA
A Manuela transportou-nos para um cenário comum: sentada em cadeira de rodas no meio da multidão de pé – como pode uma pessoa assistir, participar e divertir-se com o que se está a passar, sem poder ver o que se está a passar? Procuram-se produtos ou acessórios simples, que podem ser muito inclusivos!

10 | ORTÓTESE FUNCIONAL ANTI-EQUINO
AUTOR: FILIPE GONÇALVES
O Filipe propõe o desenvolvimento de ortóteses para os pés ajudando a compensar a perda de força e controlo, para doentes com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA). Será possível evoluir em soluções eficazes e também que sejam mais fáceis de manipular autonomamente?

No TOM: PORTO queremos que proponentes dos desafios façam parte das equipas de desenvolvimento. Um desafio será melhor abordado quando os conhecedores das necessidades estão por perto.

Podem obter mais informações sobre as condições de participação no regulamento e na página do TOM: Porto.

Número máximo de Desafios para a maratona: 10

A equipa do TOM: Porto